quinta-feira, 27 de agosto de 2009

"Unpublished": TONY COX!

Clássico, clássico, clássico! O sentido de pop clássico e atemporal está aqui: canções que visitam o pop sessentista, passam pelo soft rock setentista e esbarram em sonoridades oitentistas. A sensação, ao ir mudando de faixa em Unpublished, é a de se estar girando dial por estações de sucessos mundiais da história do pop. E, enquanto tentamos lembrar onde ouvimos estes hits, o título trata de lembrarmos que são músicas não-publicadas anteriormente (apesar de, na verdade, seis faixas de Unpublished já terem figurado, em 2008, no álbum de estreia da banda de Cox, o The Offbeat).

E a intenção do compositor inglês com Unpublished, é despertar o interesse de produtores, artistas e gravadoras para suas pérolas pop. Uma espécie de portfólio sonoro que os power poppers deram um jeito de atravessar e desfrutar para seu bel-prazer. Contando com Nigel Clark nos vocais – frontman da banda britânica Dodgy - e Darren Finlan na bateria, Cox escolheu suas 11 canções preferidas onde, prova-se, não economizou talento no artesanato da composição pop.

“Sweet Elaine” abre o disco já dando a impressão de que alguma vez na vida já repetimos aquele refrão – com seus toques de soft rock dos setenta e pop orquestral. “Feel Real Love” vem marcando forte no baixo, pontuando nos metais e caprichando nas harmonizações vocais. Os sintetizadores de “Life Is Hardcore” remetem às bases do pop dos anos oitenta, enquanto “Jamelia” se espalha por completo pela atmosfera do sixtie pop britânico.

A bela semi-acústica “Fallen” traz mais uma melodia colante em clima macio e ingênuo dos sessenta. “Chills” e “Say The World” poderiam estar por aí, nas ondas do rádio, há anos com suas melodias envolventes e refrões memoráveis – dois clássicos instantâneos. “Show Me Your Love” já alcança o pop contemporâneo e “Can’t Leave Too Soon” volta a atestar a capacidade Tony Cox em criar canções de forte apelo pop. Resta saber o quanto o mundo estará interessado na incrível coleção de clássicos em potencial de Unpublished. Nós estamos.

www.coxymusic.com
www.myspace.com/coxysongs

Um comentário:

dbareas disse...

Eu também (estou interessado).

Bastando pra isso ter ouvido "Sweet Elaine", "Say the Word", "Fallen" e metade de "Sacred Woman".

Disco chegando", já já maiores comentários.